Associação de Criadores de Gado Jersey do Rio Grande do Sul
 
 
 

 

.: Qualidade
 

O consumidor, ao defrontar com problemas e benefícios associados à ingestão do leite, sente-se sem rumo e, em geral, não encontra orientação consensual entre os profissionais de saúde.

Os humanos são mamíferos, mas não parecem muito certos do papel do leite em sua vida adulta. O alimento está cercado de mitos, que levam muita gente a fugir dele e de seus derivados. Para complicar, um número crescente de profissionais se colocam contra o consumo da bebida. Afinal, deve-se ou não incluir o leite na dieta?

Uma parcela expressiva da população tem alguma restrição ao consumo. No Brasil, por exemplo, cerca de 25% da população apresenta intolerância à lactose. De maneira geral, o alimento traz apenas benefícios para as pessoas saudáveis.

As grandes fontes de cálcio são justamente o leite e seus derivados. A absorção do cálcio conduzida pelo leite é maior do que a obtida com qualquer outro alimento, principalmente na comparação com proteínas de origem vegetal. 

 A falta do mineral pode ocasionar e agravar problemas como a osteoporose, a osteopenia e a osteomalase. Além disso, 45% das lactantes intolerantes à lactose perdem a sua intolerância durante o período de gravidez e de lactação.

 

MITOS

 

O homem não necessita incluir leite na sua dieta

Até ser verdadeiro, desde que se fique atento a outras formas de cálcio. Para isso, é necessário comer uma grande quantidade de vegetais (alimentos com teor alto de cálcio). É preciso notar, porém, que, enquanto apenas três canecas de leite equivalem a 75% das recomendações nutricionais diárias, o indivíduo precisa comer vegetais o dia todo para chegar perto da quantidade recomendada.

 

O único leite adequado para o consumo humano é o materno

O leite que chamamos de materno é realmente o mais adequado para o ser humano. No entanto, o consumo de leite de outras espécies é possível, porque o ser humano é adaptável. O homem é um ser onívoro e ajustável aos variados alimentos de dieta.

 

VERDADES

 

Leite causa alergia

Está no topo do grupo de alimentos que causam alergia. Uma das justificativas é que a amamentação com leite materno, em geral, é curta, sendo logo substituída pela alimentação com leite de vaca.

 

Intolerância à lactose

O homem não era preparado para continuar bebendo leite na idade adulta. Porém, com a domesticação e a criação de animais, o consumo ocasionou uma mutação genética, favorecendo o desenvolvimento da lactase. Nas regiões onde havia a cultura da criação de animais, como o norte europeu, apenas 5% das pessoas têm intolerância. Contudo, há regiões em que essa intolerância chega a 80%, como em partes da África, da Ásia e do Oriente Médio.

 

CURIOSIDADE:

Crianças que bebem leite regularmente tornam-se idosos mais saudáveis

 

Pesquisadores da Universidade Bristol descobriram que crianças que bebem leite regularmente são fisicamente mais saudáveis quando ficam idosas. A pesquisa mostrou que pessoas idosas que consumiram maiores quantidades de leite e alimentos lácteos na infância aumentaram a capacidade de andar mais rápido e diminuíram as chances de sofrer problemas de equilíbrio.

 

Acompanharam  400 homens e mulheres de 60 a 80 anos. Todos tinham participado de um estudo que começou nos anos trinta para analisar o efeito da dieta e do estilo de vida na saúde em longo prazo.

 

Os voluntários passaram por testes como velocidade de caminhada e equilíbrio. Os resultados, publicados no jornal Age and Aging, mostraram que as pessoas que gostam muito de leite caminham 5% mais rápido do que as que bebem pouco ou nenhum leite. Elas também têm 25% menos probabilidade de ter problemas potencialmente perigosos de equilíbrio.

 

 Outro  estudo descobriu que crianças que bebiam leite têm até 40% menos probabilidade de sofrer câncer de intestino quando adultos. Os alunos tinham 20% menos chance de sofrer um tumor no final da vida se tivessem tomado leite todo dia por pelo menos 4 a 6 anos e 40% menos chance se tivessem tomado leite por 6 anos ou mais. 

 

Acredita-se que o consumo de leite em longo prazo permite que altos níveis de cálcio se acumulem no corpo, protegendo o intestino contra danos do ácido biliar. 

 

 

Fonte: Leite para Adultos: Mitos e Fatos frente à Ciência. Autoras: Adriane Elisabete Costa Antunes e Maria Teresa Bertoldo Pacheco.


   
 
 



Home Classificados   Anuncie
Eventos Notícias   Associe-se

Av. Fernando Osorio,1754, Bairro Três Vendas - Pelotas/RS
CEP 96055-030 / Telefones: (53)3223.3919 / 3223.3599 e 9968.0568
JerseyRS - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvimento Vitrinebrasil