Associação de Criadores de Gado Jersey do Rio Grande do Sul
 
 
 

 

.: Características Raciais (padrão nacional)
 
A - F Ê M E A S 

1- APARÊNCIA GERAL

1-1-CONJUNTO:

CONDIÇÕES IDEAIS: Indica individualidade, feminidade com estilo, sadio e vigoroso, crescimento satisfatório e de acordo com a idade, harmonia na união das partes, temperamento ativo e dócil, aparelho reprodutor perfeito.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Animais descornados.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Estruturalmente desequilibrada, anomalias no aparelho reprodutor, free-martismo, hérnia umbilical.

1-2- CARACTERÍSTICAS LEITEIRAS:

CONDIÇÕES IDEAIS: Angulosidade, acentuado tipo leiteiro, ossatura plana, qualidade de úbere, pescoço delgado levemente arqueado e harmoniosamente inserido, garganta limpa.


1-3- CARACTERÍSTICAS RACIAIS:

CABEÇA:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Bem inserida no pescoço, tamanho proporcional a idade, curta, triangular, leve, perfil concavilineo, marrafa estreita, fronte larga com forte depressão entre os olhos, arcadas orbitais proeminentes, olhos escuros, salientes não demasiadamente saltados, orelhas proporcionais, levemente inclinadas para frente e para cima quando em estado alerta, ovaladas, com bordas internamente guarnecidas de pelos, chifres bem implantados lateralmente, curtos, finos, iguais curvados para dentro e para fora, extremidades negras. Bochechas pequenas, chanfro reto, estreito de médio comprimento, focinho largo com muflo negro, narinas salientes e bem abertas, mandíbula descarnadas provida de pele flexível, língua negra ou grafite.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Perfil sub-concavo, chifres curvados para cima, espelho nasal com pequena lambida, chanfro ligeiramente longo, língua clara.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Cabeça descaracterizada, perfil plano ou convexo, chanfro convexo, cegueira total, despigmentação, orelhas longas pesadas, chanfro com desvio acentuado, lábios fissurados, agnatismo, prognatismo acentuados.

PELAGEM:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Variando de cinza claro ao escuro e do amarelo claro ao amarelo ouro, ou ainda malhada com as cores acima citadas, caracterizando com coloração mais forte nas extremidades do corpo: embornal branco. Pelos curtos e finos.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Vassoura de cauda branca, mucosas grafite, pelagem escura.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Pelagens que não enquadrem, albinismo, ausência de pelos (alopsia).

PELE:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Escura fina e flexível, mucosas escuras.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Pele despigmentada ou rosa.

2- CORPO

2-1- SISTEMA ESTRUTURAL DO CORPO (CAPACIDADE)

ESTATURA:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Mediana, variando de 1,15m a 1,30m de altura na garupa.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Nanismo ou Gigantismo.

TAMANHO: CONDIÇÕES IDEAIS: peso variando de 300kg a 500kg, com complexão longínea.

PEITO:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Largo com base plana resultando em ampla separação dos aprumos anteriores.

CERNELHA:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Fina em forma de cunha, espáduas planas, simétricas, descarnadas aderidas e harmoniosamente inseridas no pescoço e costado.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Cernelha (cruz) pouco pesada.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Espádua alada.

PERÍMETRO TORÁCICO 

CONDIÇÕES IDEAIS: Amplo, profundo e arqueado ao nível dos antebraços, indicando grandes capacidade respiratória.

DORSO:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Reto e forte, com vértebras proeminentes, lombo largo e forte, linha dorso lombar plana.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Linha dorso lombar ligeiramente arqueada.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Linha dorso lombar acentuadamente arqueada (cifose ou lordose) linha dorso lombar com desvio lateral (escoliose).

COSTELAS:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: achatadas, finas, longas, bem arqueadas, separadas e inclinadas para trás.

VENTRE:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Profundo, grande e bem suportado pela musculatura, vazio do flanco triangular.

2-2- GARUPA

CONDIÇÕES IDEAIS: Bem desenvolvida, nivelada, larga (distância grande entre os ílios), comprida (distância grande entre os ílios e isquios), angulosa de ossatura fina e robusta, isquios bem afastados e em posição ligeiramente mais baixa que os ílios, cauda acentuada entre os isquios, bem inserida, horizontal em sua inserção, fina, afilada e tocando os jarretes com vassoura abundante e comprida.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Garupa pouco inclinada. Inserção de cauda ligeiramente alta, ílios ligeiramente mais baixo, porém nivelados entre si.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Inserção de cauda acentuadamente alta, desvio acentuado de causa.

2-3- SISTEMA LOCOMOTOR

CONDIÇÕES IDEAIS: Aprumos de ossatura plana e compacta, proporcionais ao tamanho do animal, descarnados.

MEMBROS ANTERIORES:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Bem separados, aprumos e simetricamente situados quando vistos de frente, de lado ou pôr trás.

MEMBROS POSTERIORES:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Com grau intermediário de curvatura quando vistos lateralmente, quartelas fortes, de comprimento e flexibilidade medianos, jarretas limpo e bem conformados, ossatura achatada, plana, forte com tendões bem definidos.

CASCOS:
 
CONDIÇÕES IDEAIS: Com apoios perfeitos e ligeiramente inclinados, curtos, fortes e negros, com talões profundos e fechados.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Cascos claros ou listrados.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Cascos despigmentados, aprumos com defeitos graves. Cascos fissurados, fracos demasiadamente inclinados. Quartelas de tamanhos anormais.

3- SISTEMA MAMÁRIO

CONDIÇÕES IDEAIS: Úbere de profundidade mediana (distância entre o piso do úbere e jarretes), bem desenvolvido, boa sustentação, textura glandular elástica, de fina consistência, não fibrosa ou muscular com pele fina e desprendida, piso plano quarto simétrico e não quarteados lateralmente, veias proeminentes grossas elásticas, sinuosas e ramificadas.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Ligamento pouco delineados ou fracos. Tetos pouco aprumados, presença de tetos rudimentares.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Úbere e ou tetos atrofiados, mal formados.

ÚBERE ANTERIOR/LIGAMENTO ANTERIOR

CONDIÇÕES IDEAIS: Amplo, largo, balanceado, bem aderido à parede abdominal, com ligamento suspensório central perceptível. Tetos nivelados, simétricos e aprumados, tamanho mediano e forma cilíndrica, bem centralizado nos quartos.

ÚBERE POSTERIOR/LIGAMENTO POSTERIOR

CONDIÇÕES IDEAIS: Largo, alto (distância da base da vulva até a parte superior do tecido secretor), lançando-se para trás, com ligamento suspensório central forte e visível, tetos nivelados simétricos e aprumados, de tamanho mediano e forma cilíndrica, bem centralizado nos quartos.


B - M A C H O S

1- APARÊNCIA GERAL

1-1- CONJUNTO

CONDIÇÕES IDEAIS: Indica individualidade, masculinidade acentuada com estilo sadio e vigoroso, crescimento equivalente a idade, harmonia na união das partes, temperamento ativo sexual bem definido, órgão genital íntegro.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Animais descornados.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Estruturalmente desequilibrado.

1-2- CARACTERÍSTICAS LEITEIRAS

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Angulosidade, acentuado tipo leiteiro, ossatura plana. Pescoço delgado levemente arqueado e harmoniosamente inserido na região das espáduas.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Pescoço medianamente curto.

1-3- CARACTERÍSTICAS RACIAIS

CABEÇA:

CONDIÇÕES IDEAIS: Bem inserida no pescoço, tamanho mediano e proporcional a idade, curta, triangular, leve perfil concavilíneo, marrafa estreita fronte larga com forte depressão entre os olhos, arcadas orbitais proeminentes, olhos escuros, salientes não demasiadamente saltados, orelhas proporcionais, levemente inclinadas para frente e para cima quando em estado de alerta, ovaladas com bordas internamente guarnecidas de pelos, chifres bem implantados, lateralmente, curtos, grossos em relação às fêmeas, iguais, curvados para dentro e para frente, extremidades negras. Bochechas pequenas, chanfro reto, largo e curto. Focinho largo com muflo negro, narinas salientes e bem abertas, mandíbulas descarnadas providas de pele flexível, língua negra ou grafite.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Perfil sub-concavo, chifres curvados para dentro e para cima. Espelho nasal com pequena lambida, língua clara.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Cabeça descaracterizada, perfil plano ou convexo, cegueira total, despigmentação, orelhas longas, pesadas, lanceoladas, chanfro com desvio acentuado, lábios fissurados, agnatismo e prognatismo acentuados.


PELAGEM:

CONDIÇÕES IDEAIS: Variando do cinza claro ao cinza escuro e do amarelo claro ao amarelo ouro ou ainda malhada com as cores acima citadas, caracterizando com coloração mais forte nas extremidades do corpo, embornal branco, pelos curtos e finos, pele escura, fina e flexível, mucosas escuras.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Vassoura de cauda branca, mucosa grafite, pelagem escura.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Pelagem que não se enquadrem, albinismo, ausência de pelos (alopsia) pele despigmentada ou rosa.

2 - CORPO

2-1- SISTEMA ESTRUTURAL DO CORPO (CAPACIDADE)

ESTATURA:

CONDIÇÕES IDEAIS: Mediana variando de 1,25 a 1,40 cm na garupa.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Nanismo ou gigantismo.

TAMANHO:

CONDIÇÕES IDEAIS: peso variando de 450 a 700kg com complexão longelínea.

PEITO:

CONDIÇÕES IDEAIS: Largo, com base plana resultando em ampla separação dos aprumos anteriores.

CERNELHA:

CONDIÇÕES IDEAIS: Estreita, ligeiramente saliente, formando uma cunha não grosseira, espáduas planas inclinadas, simétricas, bem aderidas ao corpo, descarnadas e harmoniosamente no pescoço e costado.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Cernelha um pouco pesada, paletas abertas.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Espádua alada.

PERÍMETRO TORÁCICO:

CONDIÇÕES IDEAIS: Amplo, profundo e arqueado ao nível dos antebraços indicando grande capacidade respiratória.

DORSO:

CONDIÇÕES IDEAIS: Reto e forte com vértebras proeminentes, lombo largo e forte, linha dorso lombar plana.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Linha dorso lombar ligeiramente arqueada.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Linha dorso lombar acentuadamente arqueada (cifose ou lordose) linha dorso lombar com desvio lateral (escoliose).


COSTELAS:

CONDIÇÕES IDEAIS: Achatadas, finas, longas bem arqueadas, separadas e inclinadas para trás.

VENTRE:

CONDIÇÕES IDEAIS: Profundo, grande e bem suportado pela musculatura, vazio do flanco triangular.

2-2- GARUPA:

CONDIÇÕES IDEAIS: Bem desenvolvida, nivelada larga (distância grande entre os ílios) comprida (distância, grande entre os ílios) comprida (distância grande entre os ílios e isquios), angulosa de ossatura fina e robusta, isquios bem afastados e em posição ligeiramente mais baixos que os ílios, cauda acentuada entre os isquios, bem inserida, horizontal em sua inserção, fina, afilada e tocando os jarretes, com vassoura abundante e comprida.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Garupa pouco inclinada. Inserção de cauda ligeiramente alta, ílios ligeiramente mais baixosa porém niveladas entre si.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Inserção de cauda acentuadamente alta, desvio acentuado de cauda.

2-3- SISTEMA LOCOMOTOR

CONDIÇÕES IDEAIS: Aprumos de ossatura plana e compacta proporcionais ao tamanho do animal, descarnados.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Aprumos com defeitos graves.

MEMBROS ANTERIORES:

CONDIÇÕES IDEAIS: Separadas, aprumadas e simetricamente situadas quando vistas de frente, de lado ou por trás.

MEMBROS POSTERIORES:

CONDIÇÕES IDEAIS: Com grau de curvatura intermediária em vista lateralmente, com quartelas fortes do comprimento e flexibilidade medianas, jarretes limpos e bem conformados, ossatura achatada, plana forte com tendões bem definidos.

CASCO:

CONDIÇÕES IDEAIS: Com apoios perfeitos e ligeiramente inclinados, curtos fortes, negros com talões profundos e fechados.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Cascos claros ou listrados.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Cascos despigmentados, aprumos com defeito.

3- SISTEMA REPRODUTOR

CONDIÇÕES IDEAIS: Bolsa escrotal normalmente desenvolvida, íntegra com ligamento de sustentação posterior bem posicionado. Testículos visíveis, simétricos nitidamente separados e de tamanho normais. Bainha no pênis de tamanho pequeno e bem aderida ao ventre. Pele fina.

CONDIÇÕES PERMISSÍVEIS: Testículos com pequena variação no tamanho. Bolsa escrotal menos descida. Testículos iguais mas menores.

CONDIÇÕES DESCLASSIFICANTES: Crescimento anormal de tecidos junto ao orifício na entrada do prepucio. Hérnia umbilical. Atrofia e ou desvio de pênis. Torção da bolsa escrotal criptorquidia, hiperplasia ou hipoplasia testicular e monorquidea.

TETAS:

CONDIÇÕES IDEAIS: Rudimentares e em número de quatro simetricamente situadas e bem afastadas.

   
 
 



Home Classificados   Anuncie
Eventos Notícias   Associe-se

Av. Fernando Osorio,1754, Bairro Três Vendas - Pelotas/RS
CEP 96055-030 / Telefones: (53)3223.3919 / 3223.3599 e 9968.0568
JerseyRS - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvimento Vitrinebrasil